Doar é Legal Batalha pela Vida



A Campanha Doar é Legal - Batalha pela Vida nasceu da necessidade de conscientização para a doação de Medula Óssea no país. Muitos pacientes não respondem satisfatoriamente ao tratamento quimioterápico e necessitam de um transplante de medula óssea para continuarem vivos.

O Transplante de Medula Óssea (TMO) é indicado principalmente para o tratamento de doenças que comprometem o funcionamento da medula óssea, como doenças hematológicas, onco-hematológicas, imunodeficiências, genéticas hereditárias, alguns tumores sólidos e doenças auto-imunes.

ASSISTA AO VIDEO

A CAMPANHA
 

CAMPANHA BATALHA PELA VIDA


Informações Básicas                                                                                                          Assista ao Video

 

A Campanha Doar é Legal - Batalha pela Vida nasceu da necessidade de conscientização para a doação de Medula Óssea no país. Muitos pacientes não respondem satisfatoriamente ao tratamento quimioterápico e necessitam de um transplante de medula óssea para continuarem vivos.
 
O Transplante de Medula Óssea (TMO) é indicado principalmente para o tratamento de doenças que comprometem o funcionamento da medula óssea, como doenças hematológicas, onco-hematológicas, imunodeficiências, genéticas hereditárias, alguns tumores sólidos e doenças auto-imunes.


Doenças Onco-hematológicas:
- Leucemias Agudas e Crônicas;
- Linfomas  de Hodgkin e não Hodgkin;
- Mieloma Múltiplo;
- Síndrome Mielodisplásica(SMD).


Doenças Hematológicas
- Aplasia Medular ou Anemia Aplástica Severa;
- Anemia de Fanconi;
- Hemoglobinapatias: Anemia Falciforme e Talassemia;
- Hemoglobinúria Paroxística Noturna.


Imunodeficiências
- Congênitas ou primárias e secundárias.


Milhares de pessoas no Brasil e no mundo necessitam de um transplante com urgência para continuarem a viver, esta situação só é percebida quando o individuo e sua família é surpreendida pela informação de que estão afetados por alguma das doenças que os colocam nesta circunstância.


A possibilidade maior é encontrar um doador entre os irmãos, a chance de ser compatível é de 25%. Em toda a família (parentes), a chance de encontrar alguém totalmente compatível é de 7% a 10%. Por isso, entre 60% e 70% dos pacientes que necessitam de um transplante de medula óssea não encontram doadores entre os familiares e precisam recorrer a doadores anônimos.


Estes doadores precisam ser cadastrar junto aos Hemocentros para que entrem no REDOME (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea), para que sejam contatados quando de sua compatibilidade com algum paciente que necessita do transplante.


Atualmente o Brasil é terceiro maior banco de dados no mundo com um pouco mais de 3 milhões de doadores cadastrados, ficando atrás apenas dos Registros dos Estados Unidos (cerca de 7 milhões de doadores) e da Alemanha (cerca de 5 milhões de doadores).


A chance de encontrar uma medula compatível no país é, em média, de 1 em 100 mil (uma para cem mil). Para que seja possível encontrar uma compatibilidade dentro do país estima-se o aumento do número de cadastrados para cerca de 4,5 milhões de doadores.

 

Objetivos

 

O objetivo é conscientizar o maior número de pessoas, para que além de doadores sejam multiplicadores. Aumentando o número de cadastros no REDOME, para que seja possível aumentar as chances de compatibilidade e salvar a vida de pacientes que necessitam de um transplante de Medula Óssea.

 

Estratégias

 

Inicialmente, iremos focar na Polícia Militar do Estado de São Paulo, por ser um público alvo receptivo por seu histórico de alto índice de doação de sangue, processo bem similar. Além de características de organização e solidariedade, estão sempre à frente quanto às necessidades da população.


Tornar cada policial um doador e também multiplicador, que irá difundir as informações junto a seus familiares, amigos e comunidade. No estado de São Paulo existe um efetivo de cerca de 100 mil policiais militares. A princípio, a ação vai ocorrer na região de São José do Rio Preto/SP, para que seja mensurada, para que, se necessário possa ser complementada, para daí então, ser difundida por todo estado. O processo se dará da seguinte maneira:

 

1- Produção e Apresentação de VT Institucional:
- Com explicações médicas (Dr. Otavio Ricci, diretor do Hemocentro HB Rio Preto);
- Quem necessita da doação (com Cases de pacientes e familiares);
- Como e quem pode doar;
- Processo de Cadastro/REDOME com informações do Hemocentro;
- Maneiras de Doação e Desmistificação da Doação;
- Cases de sucesso (com depoimento de Doador/Receptor).

 

2- Vídeos de divulgação da Campanha junto aos Policiais:
- Estes vídeos visam incentivar a doação. Onde cada unidade policial apareça representada por um soldado (Bombeiros, Infantaria, Águia, Rodoviária e Ambiental).
A serem veiculados em TV aberta, canais a cabo, internet e intranet.

 

3- Material impresso:
- Folder (panfleto) informativo, Faixas, Cartazes e banners nos quartéis, Outdoor, Selos, Adesivos e Camisetas.

 

4- Mês de Cadastro na Corporação:
- Instituição do “Mês de Captação de Cadastros”.
Será criado um dia D, no próprio batalhão, com cadastro e coleta de amostra efetuada pela equipe especializada do Hemocentro, onde a impressa será convidada para divulgar a campanha para a sociedade civil.

 

5- Internet:
- Banner no site da PM;
- Canais Internet (Sites / Canal Youtube / Facebook).

 

6- Apresentação da Campanha em auditório:
Apresentação da Campanha para Autoridades Civis e Militares, Imprensa e Sociedade em geral.

 

Verba para a Campanha

 

A Campanha não visa nenhum fim lucrativo.


Estamos contando com vários indivíduos, civis e militares, e empresas/profissionais de criação e de audiovisual, que estão cedendo seu tempo e criatividade sem honorários para a organização e desenvolvimento das peças publicitárias.


Além da participação da equipe do Hemocentro do HB de Rio Preto/SP e do seu Diretor Dr. Otávio Ricci Jr. Que humanitariamente se engajaram na Campanha por acreditarem na necessidade de se fazer algo mais abrangente para ajudar os pacientes e suas famílias neste momento tão difícil.


No entanto, necessitamos de verba para confecção e divulgação das peças, além de deslocamentos para filmagem imagens de externas e mídias digitais para arquivar e distribuição dos audiovisuais.


Além de gastos referentes na apresentação da Campanha para autoridades, policiais, imprensa e sociedade em geral e também para a produção do evento nos quartéis.


Precisamos, portanto, da compreensão de empresas privadas e ou governamentais que acreditem no projeto e possam contribuir para que ele seja viabilizado. Gerando esperança para milhares de pessoas que hoje enfrentam esta doença terrível e que podem ter a chance de continuarem vivas com a mudança cultural e informativa ocasionada pela Campanha Batalha pela Vida.


   Doar é Legal Batalha pela Vida - São José do Rio Preto (SP) - Fone: (17) 99164.4555 - contato@batalhapelavida.com
Copyright 2010 Doar é Legal Batalha pela Vida. Design e Tecnologia Vitrine Digital